Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

segunda-feira, outubro 28

O mais belo dos elogios seria como um cliché para te conseguir descrever. O mais comovente dos agradecimentos não seria o suficiente para te agradecer.

3 comentários: