Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

sexta-feira, março 9

Diferença

(Mês passado - chamada de voz)
- Vou dormir.
Está bem, então.
- Até amanhã, beijo. Amo-te.
Dorme bem, também te amo.
(Ontem)
- Vou dormir.
Hum, vai lá. Até amanhã.
- Até amanhã, beijo.

Reparas bem na diferença? Porque não te amarei para sempre. Mas o que sinto durará até ao fim, isso é uma certeza que desde já te prometo. Porque ninguém te ama como eu, Fabrizio. És o meu porto de abrigo, e ao o seres é criada uma dor constante que me corre o corpo todo dia-a-dia. Mas obrigada por continuares todos os dias comigo. Porque sinceramente acho que estaria bastante pior sem ti na minha rotina.

7 comentários:

catarina disse...

obrigada :) sigo tambem !

animal racional disse...

ele dizia que te amava?

mariana disse...

Vai tudo correr bem, amor. Sabes disso.

nicolemorais disse...

força*

Margarida disse...

sigo o teu blog (:

segue o meu se faz favor (:

Feelings of Teen disse...

lindo ;)

Marta Sofia disse...

eu sei tão bem o q isto é :s