Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

quinta-feira, maio 3

{23h25} You know. It really sucks.

Olá, grande. Então como andas? Será que posso dizer que te amo novamente? Será que me posso chegar a ti? Eu sei que não. O teu quente já não me aquece mais... O meu frio já não se derrete nas tuas mãos e eu torno-me cada vez mais gélida. E a minha alma... Não sabe esquecer, não o quer fazer... Nem tentou sequer. O meu sorriso já não desenha o rosto colorido na minha rotina, que agora está completamente em guerra. Bem... Vou começar novamente. Olá, grande. Amo-te profundamente e não suporto esta rotina fodida. Vem aquecer-me porque chove em minha casa todos os dias. O frio consome-me e o sol ocultou-se de mim. Vem. 

8 comentários:

Mariana disse...

gosto :)

Ana Margarida disse...

Diz sempre tudo o que te vai na alma. Não penses que ele irá ou não perceber. Liberta-a. Vai valer a pena, acredita.

cláudia disse...

ele irá voltar querida, tudo o que é verdadeiro tem o seu caminho certo*

catarina disse...

de nada :)

letícia santos disse...

simplesmente lindo.

aninha disse...

lindo ! <3

mary anne disse...

Obrigada *.*

ana mendes disse...

ADOROOOO!