Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

segunda-feira, fevereiro 11

Rotinas e déjà vus

E, desapaixono-me. Desapaixono-me pela minha rotina, repetitiva, fodida, ou lá o que interpreto em horas de descanso que utilizo para escrever. Não me censuro por nada, por chegar a casa tarde e não dar a ninguém satisfações por que o faço. E, sinceramente, farto-me disso. De entrar pela porta, sinceramente sorridente, observar que cedo ou tarde é relativo e que voltar a sair pela porta também o é. Preciso de revirar a rotina e transformá-la em algo nunca visto. De não entrar e sair em instantes e pensar que tomei a decisão correcta.

Um comentário:

Ana disse...

O teus textos são sempre algo de fenomenal :)