Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

sexta-feira, junho 29

Algum Sol no nosso interior

Uma vez sussurraram-me ao ouvido para não complicar aquilo que já nasce fácil, e cresce da mesma forma. Um vez ouvido, mil vezes relembrado. E olho a cima para que nem uma lágrima se desenrole perante o meu rosto. Pinta a minha manhã com cores, aleatoriamente. Deixa-me perder nos teus braços e eu farei com que não reste saudade. Faz com que me levante dos lençóis mal engomados e cria um sorriso em mim. Cada arrepio, cada arritmia. Anormal seria o meu acto de não insistir por mais.

3 comentários:

Maria João Cardoso disse...

visita e dá-me a tua opinião sobre as fotos colocando "gosto" ou "não gosto" por favor: blog de fotografia

Aurora disse...

Não faz mal coração. Saudades <3

Anniee. disse...

adorei !