Vivo das palavras inconscientes, secretas e invisíveis. Louca por cada detalhe teu. Sou eu... Sou eu, em ti. E não me descreveria melhor.

Início ~ Cartas ~ Sobre mim

terça-feira, maio 22

Digo-te que:

Ainda não te esqueci. E a cada segundo que passa a minha memória atrai menos escassamente tudo o deixamos. Foram os inícios de uma longa noite em que paravas em frente da minha porta depois do teu treino, era às terças, quando me ligavas, quando me amavas, quando me protejas ainda mais do que acontece agora. Escondo o meu amor diante quatro paredes desgastadas. Ele quer soltar-se. E se? Se eu provasse ser diferente do resto do mundo? E se, não existe. 

- Encontras alguém igual.
Ninguém é igual. E então que venha o clone dele!